Branding: As 10 melhores estratégias para o seu negócio!

Branding

Partilhe este post

Para construir o branding para o seu negócio, é preciso considerar uma série de critérios relacionados com o seu público-alvo, interesses do seu negócio e visão a longo prazo. Sem isto, construir o branding é muito difícil.

Afinal, o branding para o seu negócio é um projeto de médio a longo prazo. É com o branding que poderá construir a identidade da sua marca perante o seu público-alvo. Esta identidade não é identificada logo nos primeiros meses. Leva tempo.

Por isso, veja algumas estratégias de branding para o seu negócio para começar a aplicar ainda hoje:

  1. O propósito da marca;
  2. Posicionamento da marca;
  3. Identidade visual;
  4. Tom de voz na comunicação;
  5. Promessa da marca;
  6. Utilize os sentidos humanos;
  7. Aproxime influenciadores;
  8. Construa diálogo nas redes;
  9. Construa a persona ideal;
  10. Não pulverize em demasia.

A seguir, veja na prática cada dica acima e saiba como aplicar isso no seu negócio.

Branding marketing

1. O propósito da marca

O propósito da marca é, sem dúvida, um pilar fundamental que constitui o branding para o seu negócio. É a partir do propósito que poderá desenvolver todas as outras ações que vão construir a identidade do negócio a longo prazo.

O propósito da marca deve ser simples e com um objetivo muito claro. Deve responder perguntas como:

  • Porque é que a sua marca precisa existir?
  • Porque é que o mundo é melhor com a sua marca?
  • Porque é que a sua marca foi criada?
  • Que tipo de transformação a sua marca vai oferecer?

Ou seja, com estas respostas começa a criar a essência da sua marca. Os porquês começam a ser explicados e as decisões começam a ser tomadas de forma sustentada.

2. Posicionamento da marca

O posicionamento da marca, por sua vez, é um fator importantíssimo para direcionar as ações de comunicação, ou seja, é com o posicionamento que o seu público-alvo poderá conectar-se ou não com a sua marca e o seu propósito.

Para escolher o posicionamento da marca, pode considerar uma série de aspectos emocionais e de transformação.

Considerando o seu plano de negócios, o posicionamento ajuda a definir que tipo de transformação prática vai acontecer na vida das pessoas.

3. Identidade visual

A identidade visual é talvez um dos pilares de maior compreensão por todos, uma vez que é uma mudança visual e tangível. Para um bom branding, é preciso definir uma estratégia de identidade visual e segui-la à risca.

Não pode utilizar hoje uma cor, amanhã outra e depois de amanhã mais outra. O mesmo acontece com tipografias (fontes). Escolha uma e use-a sempre nos materiais impressos e digitais.

Quanto mais pulverizada for a identidade visual, mais difícil vai ser para o público-alvo entender logo à primeira que é a sua marca a falar.

4. Tom de voz na comunicação

Já ouviu falar sobre o tom de voz na comunicação? O tom de voz faz parte do branding para o seu negócio e precisa ser observado em todos os materiais que forem criados, seja de divulgação, de promoções ou institucional.

O tom de voz pode ser irreverente, autêntico, apaixonado… Escolha um estilo e siga-o na sua comunicação. Isto vai gerar conexão com as pessoas e o branding ficará fortíssimo.

5. Promessa da marca

O que a sua marca promete ao público-alvo? O que é o piloto da transformação da sua marca? Este conceito precisa de ser muito claro na mente de todos os funcionários, de toda a equipa, para ficar também claro na mente do público-alvo.

A promessa é como se fosse um exercício interno para tentar descobrir como é que a sua marca transforma a vida das pessoas. E quando essa promessa for identificada, deve ser “resumida” verbalmente para que se transforme num manifesto.

6. Utilize os sentidos humanos

Os sentidos humanos podem ser usados no marketing e no branding.  Visão, audição, paladar, olfato e tato podem ser fortes geradores de emoção. E a emoção, no cérebro das pessoas, ajuda a criar laços com a marca.

Por exemplo, colocar um perfume específico na sua loja, sendo sempre o mesmo, sempre a repeti-lo, é uma forma de branding sensitivo.

7. Aproxime influenciadores

Aproximar influenciadores da sua marca é uma forma de fazer branding para o seu negócio. Mas para isso, é preciso procurar influenciadores que façam jus a todos os outros atributos da sua marca, como promessa, posicionamento, etc.

8. Construa diálogo nas redes

O diálogo é uma das melhores ferramentas para criar branding para o seu negócio. É a partir do diálogo que a imagem da sua empresa vai ser construída. E a longo prazo, o público-alvo vai conseguir perceber todos os atributos mencionados até aqui: posicionamento, promessa, identidade, tom de voz, etc.

9. Construa a persona ideal

Definir uma persona e trabalhar em prol dela com todas as ferramentas de branding é o que precisa fazer para comunicar com eficiência. Não queira falar com toda a gente. A persona ajuda a encontrar o seu cliente ideal, com características e outros detalhes.

10. Não pulverize demais

E por fim, evite pulverizar demais o seu negócio. Ninguém consegue falar com todo mundo ao mesmo tempo. Escolha um posicionamento, um público-alvo e foque nele. A sua marca não precisa se conectar com todo mundo. Ela precisa se conectar com o público dela.

O branding é entendido como?

O branding é entendido como ações e práticas para fazer o público-alvo de uma marca identificar características daquela marca. É uma forma de construir uma identidade para se conectar com o público certo a longo prazo.

Qual a Diferença entre Branding e Posicionamento de Marca?

Branding é tudo que envolve a identidade da sua marca. O posicionamento é apenas um pilar do branding, conforme explicamos nos tópicos acima.

Quais são os melhores livros de branding?

  • Building Strong Brands — David Aaker
  • Building Distinctive Brand Assets — Jenni Romanian
  • StoryBrand — Donald Miller
  • Cultura da Conexão — Henry Jenkins
  • Branding + design: a estratégia na criação de identidades de marca – de Sandra Ribeiro Cameira

Como contratar uma empresa qualificada?

Para contratar uma empresa qualificada em branding, como a I AM Social, é preciso considerar a experiência dos profissionais. Os caminhos ficam mais “fáceis” a partir da experiência de quem já percorreu esses caminhos.

Conte com a I AM Social para construir o branding do seu negócio.

Entre em contacto para saber mais.

Queremos conhecer a sua história!

Conteúdo relacionado: 

Marketing de Influência: O que é?

Marketing e publicidade: Guia completo

10 dicas de marketing nas redes sociais

Subscreva A Nossa Newsletter

Não perca todas as novidades sobre o mundo digital!

Mais para explorar

Snaptik
Redes sociais

Snaptik: 20 informações que precisa de saber

  Criadores de conteúdo do TikTok usam o Snaptik pela sua eficiência e praticidade para atividades quotidianas de um influencer. A princípio, o Snaptik virou

Como criar um site grátis no Google Sites (Passo a Passo)
Marketing digital

Como criar um site grátuito no Google Site

O que é Google Sites? Conheça a plataforma que lhe permite a criação de páginas gratuitas, bem como, quais as suas vantagens e desvantagens, como